Veja como se dar bem nas entrevistas de emprego em inglês

Brasil Econômico

Entrevistas de emprego são sempre acompanhadas de muito desconforto e nervosismo. Quando uma das etapas envolve perguntas em inglês ai é que a situação se torna ainda mais complicada, não é mesmo?

Leia também: Veja as 7 carreiras mais propicias para pessoas comunicativas


Medo da entrevista de emprego em inglês? Especialista dá dicas para tornar mais fácil
shutterstock

Medo da entrevista de emprego em inglês? Especialista dá dicas para tornar mais fácil


Quando se fala no conhecimento de outro idioma, não dá para enrolar ou tentar enganar o entrevistador, já que isso pode impedir que o profissional conquiste o tão sonhado emprego
.

 Contudo, uma boa preparação pode sim ajudar o candidato a se sair bem e não deixar que o nervosismo jogue contra ele próprio. Para ajudar a tornar as entrevistas em inglês mais tranquilas e proveitosas a coordenadora Laura Scarparo, da Seven Idiomas unidade Augusta, dá algumas dicas aos profissionais; veja: 

Lição de casa

É importante o candidato estar atento aos termos em língua inglesa de sua área de atuação. “Uma boa dica é estudar o vocabulário relativo ao cargo e ao segmento de atuação da empresa, ” afirma à executiva.

Segundo Laura, ter esses termos na ponta da língua trará maior segurança na hora de conversar com o recrutador. “Estudar um bom repertório de palavras que são chave na área em que se vai atuar, ajuda a ter mais segurança e ter uma boa compreensão em relação às perguntas que serão feitas pelo entrevistador. Ler a versão em inglês do site da empresa também ajuda a conhecer as palavras e expressões mais usadas e a familiarizar-se com elas.”

Leia também: As 7 principais dificuldades das mulheres no mundo corporativo

Vocabulário

Estar sempre informado, e de preferência buscar esses dados em sites internacionais ajuda o profissional ter um vocabulário mais amplo. “Esse exercício é importante para o candidato acostumar o ouvido e treinar a pronúncia de novas expressões”, explica. Sites, livres, canais do Youtube podem ser aliados do profissional para se dar bem em uma entrevista de emprego.

Seja maleável

A questão cultural deve estar no radar do profissional, ainda mais se a entrevistar for feita por um recrutador nativo, que more fora do País. A cordialidade e o jeito despojado do brasileiro devem ser contidos nessas horas. “Em geral, estrangeiros são mais objetivos que brasileiros e mais formais também. Neste caso, convém ser mais profissional e menos pessoal nas respostas. Vale também estudar um pouco a cultura do país em questão.”

Treine bastante

Laura Scarparo explicou que o recrutador pode seguir o caminho de questões mais amplas como pedir ao profissional que comente um pouco sobre ele (Tell us about yourself). Praticar sozinho ou até mesmo com  aquele amigo que entende de inglês ajudará o candidato a tirar de letra essa resposta.

Entretanto, perguntas mais complexas podem surgir. É comum os recrutadores pedirem que o candidato dê exemplos de experiências anteriores, como por exemplo, “Can you give me an exemple of a time when you…” ou ainda ” How you dealt with that?”.

Seja coerente

Questões éticas e sociais e a forma como a entrevista as interpreta é uma das formas de avaliação do profissional. Em qualquer idioma a dica é ser coerente nas respostas.” Visões ultrapassadas ou desrespeitosas são sempre desapropriadas. Portanto, durante a preparação, vale treinar respostas para perguntas como: ?Tell me about a situation in which you insisted on defending your ethical values, although the atmosphere was not appropriate for this kind of behavior?, que traduzido refere-se a falar sobre uma situação em que teve que manter seus valores em ambiente diverso a eles.

Essas são apenas algumas dicas que podem ajudar o profissional a tirar de letra uma entrevista e conseguir aquele emprego tão sonhado.

Leia também: Confira as carreiras que estarão em alta em 2017

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here