Sicoob traz a São Mateus experiências da cidade colombiana de Medellín em palestra nesta segunda-feira

A convite do Sicoob Norte, o ex-secretário vai revelar como a cidade reduziu índices de homicídio por meio de projetos culturais

SÃO MATEUS – É possível transformar a realidade social por meio da mudança do comportamento das pessoas? A cidade de Medellín, na Colômbia, é um exemplo de que essa modificação é viável. Antes conhecida mundialmente como um dos principais centros do tráfico de drogas, hoje é considerada um dos destinos mais agradáveis da América Latina, após a reorganização e o desenvolvimento social do município.

Um dos agentes com papel de relevância nessa transformação foi o jornalista Jorge Melguizo, que vai falar sobre o assunto em uma palestra promovida pelo Sicoob Norte para associados e convidados, na próxima segunda-feira (9), em São Mateus. O encontro será realizado no Sesc de São Mateus, às 19h30.

Para Gilmar Paixão (foto), gerente do Sicoob em São Mateus, essa é uma oportunidade do norte do Estado e em especial as autoridades locais de conhecer a transformação na cidade que era conhecida mundialmente pelo tráfico de drogas e violência, e com boas práticas de gestão pública voltadas para o benefício da comunidade e investimentos nas áreas de educação e cultura transformaram Medelín em uma nova cidade, finalizou.

Nos anos 1990, o índice de homicídios em Medellín chegou a 360 casos por cem mil habitantes. Em 2006, baixou para 39. Parte do crédito pelas mudanças na cidade a partir de projetos culturais é atribuída a Melguizo, ex-secretário de Cultura e de Desenvolvimento Social do município.

Parques-bibliotecas, grandes edifícios de arquitetura moderna construídos em espaços públicos com áreas de convivência, livros e tecnologia foram o núcleo da transformação. Hoje, esses complexos chegam a receber cerca de cem mil pessoas por semana.

Referência

O jornalista atuou também em projetos de desenvolvimento em países como Argentina e Uruguai. Ele é referência em nível mundial em políticas públicas, cultura e convivência. Melguizo defende os projetos sociais como motores para a efetivação de grandes mudanças, enfatizando a importância de parceria entre as pessoas e instituições para a melhoria da qualidade de vida da população, desenvolvimento econômico e preservação do meio ambiente.

Segundo Bento Venturim, presidente do Sicoob Norte e do Sicoob ES, este debate tem como objetivo despertar o desejo de cada pessoa contribuir para a mudança que deseja. “A atitude propicia o envolvimento de cada um na busca pelo bem-estar coletivo, em conformidade com os princípios cooperativistas. Sobretudo neste momento de crise ética da nossa sociedade, vislumbrar e praticar a mudança devem ser práticas difundidas”, destaca.

A palestra foi realizada em Vitória em agosto último, com a participação de cerca de 900 pessoas.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here