Pedágio é reajustado em sete praças da BR-101

Reajustes foram autorizado pela ANTT. Valores foram reajustados em 4,57% nas sete praças de cobrança nos municípios de Serra, Guarapari, Pedro Canário, São Mateus, Aracruz, Itapemirim e Mimoso do Sul
VITÓRIA (ES) – A partir da 0h desta quinta-feira (18) os motoristas que passam pela BR-101 terão de gastar mais com os pedágios ao longo da rodovia federal. Os valores foram reajustados em 4,57% nas sete praças de cobrança nos municípios de Serra, Guarapari, Pedro Canário, São Mateus, Aracruz, Itapemirim e Mimoso do Sul. A informação foi publicada em portaria do Diário Oficial da União, nesta terça-feira (16).
Os reajustes foram autorizados pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). O índice dos aumentos correspondente à variação do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) no período dos últimos 12 meses.
Em Guarapari, a tarifa para automóveis, caminhonetes e furgões passou de R$ 4,50 para R$ 5,20 e em Itapemirim, de R$ 3,80 para R$ 4,40. Nas mesmas localidades, as classes de caminhões e ônibus pagarão R$ 10,40 e R$ 8,80, respectivamente.
O Reajuste foi feito mesmo após um relatório do Tribunal de Contas da União (TCU) constatar uma série de indícios de irregularidades no andamento de obras da BR-101 no Espírito Santo. Avaliações preliminares do Tribunal apontam atrasos da concessionária ECO 101 na duplicação de diversos trechos de pista simples, na implantação de passarelas ao longo da rodovia e na construção do contorno de Iconha.
O documento do TCU indicava que a tarifa básica de pedágio calculada pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), praticada desde o ano passado, se apresenta “superestimada”. O órgão chegou a anunciar que poderia intervir caso o valor de um novo reajuste não seja condizente com o atual panorama da BR 101 no Espírito Santo.
Administrada pela concessionária Eco101 a rodovia liga os estados do Rio de Janeiro e a Bahia. A rodovia leva às principais praias do Espírito Santo.
* Com informações da CBN Vitória

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here