Ousada em perguntas, Nat Tanajura se destaca em programa que fala de sexo na web

Nathali Pereira, ou Nat Tanajura, como é conhecida no funk, está causando no programa “Papo de Pijama”, que rola no canal do Youtube da revista Sexy.  Isso tudo porque, além de um bumbum pra lá de avantajado, a gata de 25 anos tem as perguntas mais quentes da atração, que fala sobre sexo e relacionamento. Ousada, ela revela que é soltinha também no dia a dia.

Leia também: “Papo de Pijama”: conheça as quatro jovens que falam de sexo no Youtube


Ousada, Nat Tanajura se destaca em programa na web
Nelson Miranda / M2 Mídia

Ousada, Nat Tanajura se destaca em programa na web

 “Não tenho pudor algum. Sou despudorada, empoderada e gostosa sim. Eu fui muito reprimida quando criança por ser ‘gordinha’, sofri muito bullying”, revela Nat Tanajura . “Quando na adolescência me descobri gostosa ninguém mais me segurou. Aquilo que na infância era visto como gordura, hoje é ‘objeto’ de desejo para muitos. Convidada para fazer parte da equipe do programa, eu não tive outra opção que não fosse aceitar. É a minha cara, não tem nada no programa que saia da realidade que vivo”, continuou a gata.

Leia também:  Ousada! Valesca Popozuda posa sensual, ostenta corpão e dispara:”Estou animada”

A apresentadora, que tem nada mais, nada menos do que um bumbum de 112 cm, contou ainda o que faz para manter o derrière em dia e como é vista hoje pelos colegas da escola que praticavam bullying contra ela. Solteira, Tanajura – como gosta de ser chamada – é muito exigente e não gosta de “cantadas baratas”.

Leia também: Cleo Pires posa com lingerie cavada e leva seguidores à loucura

“Pra manter o bumbum em dia eu durmo e acordo agachando. Faço exercícios físicos e aeróbicos. Acho o máximo quando vejo um colega dos tempos de escola fazendo elogios nas redes sociais ou quando me encontram e me comem com os olhos, mesmo estando com as namoradas”, conta aos risos. “É volta por cima que fala né? Estou solteira por opção, sou muito exigente para perder tempo com homens vigaristas, daqueles que não desenvolvem um bom papo, que pensam que nós mulheres somos apenas um pedaço de carne”, finaliza Nat Tanajura.

Comentários Facebook