Ibama libera mais uma licença para instalação do Porto Central no Espírito Santo

VITÓRIA (ES) – O Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) emitiu a Autorização para Captura, Coleta e Transporte de Material Biológico (Abio) no processo de licença para as obras do Porto Central, em Presidente Kennedy. De acordo com o deputado federal Evair de Melo (PV-ES) que recebeu a informação nesta segunda-feira (13) durante uma reunião, na sede do IBAMA, em Brasília, mais um passo foi dado para o inicio dos trabalhos.

“A concretização do Porto Central redesenhará o mapa de oportunidades do Estado, principalmente para a Região Sul. Estamos atentos e trabalhando para que o projeto seja concretizado”, ressaltou o deputado. Esse documento permite a coleta de material biológico, a captura ou marcação de animais silvestres e o transporte de material biológico para a realização de estudos ambientais dos processos de licenciamento ambiental federal.

Na semana passada, a Presidência da República publicou no Diário Oficial da União o Decreto que declara de “utilidade pública obra essencial de infraestrutura portuária de interesse nacional destinada ao serviço de transporte marítimo” a obra do porto. O Decreto autorizou também a supressão de vegetação e garantiu o prosseguimento da análise dos documentos apresentados pelo Porto Central para a autorização da licença de instalação.
O Porto Central, complexo industrial portuário de águas profundas desenvolvido pelo Porto de Roterdã e pela TPK Logística S.A, é um dos maiores projetos portuário do país, com investimentos da ordem de R$ 5 bilhões. O porto acomodará em uma área de aproximadamente 2 mil hectares vários terminais para atender os mais diversos segmentos.

Comentários Facebook