“Game of Thrones”: Torço para Jon Snow, revela ator do clã Lannister na CCXP

Com anuncio em cima da hora por parte da organização, a HBO
pegou os fãs de surpresa com um painel da série
“Game of Thrones” com a participação do ator Dean-Charles Chapman, o Tommen Baratheon. Com muito hype e uma vinheta grandiosa com trechos de diversas produções do canal, a apresentação atrasou e durou pouco mais de 20 minutos e que serviu, sobretudo, apenas para aplacar a ansiedade dos fanáticos pela saga.


Apesar de cancelamentos de última hora, astro de Game Of Thrones marca presença na CCXP
Verônica Maluf/iG São Paulo

Apesar de cancelamentos de última hora, astro de Game Of Thrones marca presença na CCXP


Leia também: Confira as melhores imagens da CCXP 2017

Highlight da tarde

Quem esperava algo a mais do painel da HBO na CCXP 2017 se frustrou – a presença de um dos atores de ” Game of Thrones
“. Dean-Charles, que participou da série como dois personagens diferentes ao longos das temporadas, Matinno Lannister e Tommen Baratheon, disse que se sentiu honrado em ter morrido duas vezes ao longo das temporadas e comentou que o formato de série, por ser uma produção contínua, proporciona uma vivência muito mais aprofundada com os outros membros do elenco, coisa que nao acontece no cinema. “Quando você sobrevive volta anos após ano”, comenta.

Leia também: Alice Braga sobre novos desafios: “Eu vou errar, e tudo bem”

As falas curtas foram intercaladas por videos de cenas do ator que causavam mais reações no público suas respostas. O vazamento de som externo prejudicou o andamento da entrevista com o ator que acabou muitas vezes sendo abafada pelo ruído que invadia o auditório principal. Mesmo que seu personagem já tenha passado dessa para melhor na série, Chapman disse que de todas as teorias sobre “Game of Thrones” que ja viu a que lhe parece mais interessante e a da possibilidade de os caminhantes brancos, na verdade, serem do bem. Alerta de spoiler?

Leia também: O futuro do cinema está nos efeitos visuais?

Falando sobre seu personagem, o ator disse que para ele Tommen se realizou verdadeiramente com a coroa e que se tivesse sido um pouco mais esperto possivelmente continuaria por mais tempo. “Ele nunca quis ser rei, estava mal por substituir o irmão. (…) faltou cérebro, ele ainda era muito pequeno”, explica.

A cena de sua morte em “Game of Thrones”, inclusive, foi uma das mais tensas para o ator. “Foi muito difícil e cansativo”, confessa. Sem nem ao menos conseguir se lembrar quantas vezes precisou regravar o momento em que se joga da janela, Chapman garantiu que a tomada teve de ser refeita mais de vinte vezes. Falando em morte, o ator fez uma última confidência ao público antes de se despedir: ele gostaria de Tommen tivesse matado o Montanha, a mãe ou Joffrey e espera que Jon Snow leve a melhor no final da última temporada.

Fonte: IG GENTE
Comentários Facebook