Criminosos colocam pedras no meio da BR-101 para assaltarem motor

IBIRAÇU (ES) – Motoristas denunciaram que criminosos têm colocado pedras no meio da BR-101, em Ibiraçu, no Norte do Espírito Santo, para cometerem assaltos na região.

Um pastor relatou que seguia de Vitória para Ibiraçu, nesta quarta-feira (29), quando avistou uma pedra no meio da rodovia, passou por cima e precisou parar para verificar o carro. Nesse momento, viu duas pessoas em atitude suspeita, à espera dele.

“Era uma pedra bem grande e não deu para desviar dela, porque, pelo fato de vir carreta no sentido contrário, minha esposa passou por cima dessas pedras e estouraram dois pneus”, contou o pastor Mozarqui Guida.

O pastor percebeu a armadilha, mas disse que quase foi assaltado por dois homens que esperavam mais à frente, numa moto. “Eles levantaram a mão, sinalizando uma ajuda, mas eu percebi que não era isso. Eu liguei a pedra no asfalto à moto e percebi que era uma armação para subtrair os nossos pertences”, disse.

A Eco 101 informou que funcionários da empresa passam com muita frequência pela estrada e notaram o aparecimento de pedras na altura do km 219, em Ibiraçu. A empresa não confirmou se as pedras são colocadas no trecho para atrasar motoristas e facilitar o assalto, mas informou que repassou a situação à PRF.

“A concessionária não tem poderes de polícia. Quem tem é a PRF. O papel da concessionária é identificar o problema e, se for um caso como esse do pastor, é já acionar a PRF também, para que ela faça o monitoramento da região para ver se tem alguma pessoa suspeita”, falou o representante da Eco 101, Marcos Martins.

Já a PRF informou que direciona as ações de monitoramento e fiscalização para os locais mais perigoso da pista. Por isso, é importante que os motoristas registrem as ocorrências, pelo telefone 191. A polícia também orienta o motorista a não parar em locais desertos.

“A orientação de segurança é sempre parar em lugares onde você se sinta seguro, como uma lanchonete, posto de gasolina ou centro de atendimento da Eco 101. Se notou algo suspeito, ligue para o 191, informe nossa central, que isso vai ser repassado para o posto mais próximo e vai ser atendido. Caso precise parar o veículo por algum motivo de quebra, gasolina, ligar também para o 191 ou para a concessionária”, disse o inspetor da PRF Ricardo Borgo.


(*Com informações do site barra)

Comentários Facebook