Após reformulação, Vasco diminui média de idade do elenco

Deixaram o grupo nomes como Julio Cesar, Jorge Henrique, Leandrão e Diguinho

RIO DE JANEIRO – Aos poucos o Vasco vai se livrando do estigma de “time velho” que o acompanha desde 2015. Com uma reformulação no início da temporada que culminou no afastamento de veteranos como Julio Cesar, Jorge Henrique, Leandrão e Diguinho, e com o aproveitamento de jovens da base, o campeão da Taça Rio diminuiu a média de idade do seu elenco para 26 anos. De quebra, ainda o deixou mais enxuto.

Em 2015, quando foi rebaixado, por exemplo, o grupo terminou o ano com um total de 40 jogadores, contra apenas 30 desta temporada.

O time-base titular de 2016, quando a equipe penou para retornar à Série A, tinha uma média de 30 anos, dois a mais que a formação das últimas duas partidas do Cruzmaltino na Taça Rio. Neste Campeonato Carioca, porém, o time já chegou a iniciar com uma média de 25,7, fato que motivou o próprio clube a emitir uma nota oficial, contestando o estigma que foi criado recentemente.

No conteúdo, intitulado de “Média de idade, uma discussão em moda”, o Vasco fez um levantamento das equipes titulares dos clubes da Série A na rodada da semana do dia 2 de fevereiro – quando o Cruzmaltino enfrentou o Bangu – e constatou que o time alvinegro teve a segunda menor média, ficando abaixo apenas do Fluminense.Atualmente, o Vasco possui 11 jogadores com 30 anos ou mais. Praticamente um terço do elenco. O número, porém, já é menor que nas duas temporadas anteriores. Em 2016, foram 13, e em 2015, 14.

Um dos pontos que serviu para diminuir a média de idade do elenco foi a afirmação de alguns jovens, fato que motivou até mesmo a produção do vídeo ‘#RaizÉSerVasco’, onde o clube valoriza a formação da base .

Henrique, de 22 anos, conquistou a lateral esquerda e substituiu o experiente Julio Cesar, de 34 anos, que foi titular a maior parte do ano passado.

A dupla de volantes, por exemplo, agora é formada por Douglas, de 18, e Jean, de 22, contra os 33 e 32 de Julio dos Santos e Marcelo Mattos, respectivamente, que atuaram juntos em boa parte de 2016.

Outros garotos não são considerados titulares absolutos, mas têm sido utilizados constantemente pelo técnico Milton Mendes, como os atacantes Thalles, de 21, Kelvin, de 22, e o meia Guilherme Costa, de 23 anos. Com informações da Folhapress.

Comentários Facebook